Vinhos Provados

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Esporão Reserva Tinto 2012

Ano: 2012

Produtor: Herdade do Esporão

Tipo: Tinto

Região: Alentejo

Castas: Aragonez, Trincadeira, Cabernet Sauvignon e Alicante Bouschet.

Preço Aprox.: 15€


Veredicto: O Esporão foi criado em 1973 sob o nome de Finagra e desde logo marcou-se pela diferença numa região antiga mas ainda muito pouco conhecida pelos seus vinhos no panorama vínico mundial. Foram muitos os sucessos obtidos ao longo destes 40 anos e a Esporão é hoje um produtor de enorme prestigio. É um dos produtores mais reconhecidos e respeitados em Portugal e no Mundo e até em... Angola (como por cá se diz...).

O vinho provado Esporão Reserva Tinto 2012, é produzido com as castas Aragonez, Trincadeira, Cabernet Sauvignon e Alicante Bouschet, estagiou durante 12 meses em barricas de carvalho americano e francês, seguido de outros 12 meses em garrafa

Cor: Rubi intenso

Aroma: Denso, estruturado e frutado, com presença de frutos vermelhos bem maduros. Bastante especiado com notas vegetais, de chocolate e tosta bem integrada.

Boca: Na boca apresenta-se muto elegante, macio e fresco. É um vinho frutado e seco com taninos firmes. Apresenta um final longo e persistente.

Um belo "clássico" moderno.



Classificação Pessoal: 17

Lucinda Costa

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Quinta Mendes Pereira Branco 2005

Ano: 2005

Produtor: Quinta Mendes Pereira

Tipo: Branco

Região: Dão

Castas: Encruzado, Cercial, Bical

Preço Aprox.: 7,5

Veredicto:  Ano novo, vida nova. Depois de um ano de pouca actividade no blogue devido a uma experiência profissional intensa e desgastante, a expectativa é poder actualizar o blogue com maior frequência, escrevendo sobretudo sobre vinhos provados em Angola, onde me encontro actualmente, ou vinhos que pela sua diferenciação mereçam a sua divulgação..

É o caso deste Quinta Mendes Pereira branco 2005, um vinho cheio de vida ainda e pleno de frescura. A cor é palha carregada. O aroma esse é complexo e com notas de evolução, com feno, notas meladas e flores do campo. Mineralidade e frescura, numa boca que acompanha o nariz. Final bem apetecível e de comprimento médio.

Um vinho de 2005 que ainda dá muito prazer a beber.

Classificação: 16

Sérgio Lopes

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Thasos Moscatel Setúbal 2008

Ano: 2008

Produtor: Caves Velhas

Tipo: Moscatel

Região: Setúbal

Castas: Moscatel

Preço Aprox.: 4,99€

Veredicto: Talvez eu esteja mal habituado aos moscatéis da José Maria da Fonseca - fascinantes, ou da Bacalhoa. Isso faz com que quando provamos algo do mesmo tipo, surjam as inevitáveis comparações. É claro que seria injusto comparar este Thasos com um Colecção Privada da JMF, por exemplo. São campeonatos distintos. Mas quando comparo este vinho com por exemplo o Moscatel da casa Dona Ermelinda, que se encontra na mesma gama de preço, a desilusão é grande.

O vinho até tem uma cor bonita e um aroma interesante, com aquelas notas de laranja e meladas. Mas na boca é um "xarope", muito doce (para o meu gosto pessoal), caramelo à farta, mesmo a uma temperatura bastante fresca. Achei realmente um pouco enjoativo.

Uma desilusão No entanto, talvez se "safe" num mercado Angolano ainda pouco maduro neste tipo de vinhos.


Classificação Pessoal: 13,5


Sérgio Lopes

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Vintage DOW's 2011 melhor do ano para a Wine Spectator!



A Wine Spectator, que publica desde 1988 anualmente um top daqueles que são para os seus editores os 100 “vinhos mais emocionantes do ano”, já revelou os vinhos que ocupam os primeiros 10 lugares das suas escolhas de 2014.

O melhor do ano para a prestigiada publicação é o Vintage de 2011 da casa Dow’s.

Em 3.º lugar, aparece o vinho Douro Chryseia 2011. Em 4.º lugar, figura o vinho Quinta do Vale Meão Douro 2011. Ambos do Douro.

Um vintage e dois tintos, do Douro, no Top 5 da prestigiada revista. Uau!

Isto prova o extraordinário ano que foi 2011, bem como o trabalho notável e qualidade dos vinhos da região do Douro. Portugal está finalmente no mapa mundial do vinho...! Parabéns a todos os que contribuíram e contribuem para este enorme sucesso. 

Sérgio Lopes

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

2ª Edição do Angola Wine Festival


Falta menos de uma semana para a realização da 2ª edição do Angola Wine Festival. Depois de uma primeira edição no ano passado, com sucesso, apesar da timidez inicial, a existência de uma segunda edição, reforça o interesse e fascínio que o universo do vinho desperta junto de profissionais e do público em Angola.

Durante um período de 3 dias irá proporcionar experiências vínicas e gastronómicas únicas, permitindo um conhecimento mais aprofundado de marcas provenientes de vários países produtores de vinho, com especial ênfase, naturalmente, poara Portugal.

O evento decorrerá novamente no CHE (Complexo Hoteleiro do Endiama), Luanda, entre os dias 23, e 25 de Outubro.

Este ano participarei no evento, ajudando na sua organização e principalmente ma divulgação dos vinhos portugueses em Angola.

Simplesmente imperdível!

Sérgio Lopes


domingo, 21 de setembro de 2014

Lancers Espumante Bruto Rosé

Ano: 2014

Produtor: José Maria da Fonseca

Tipo: Espumante Rosé

Região: Setúbal

Castas: Castelão, syrah

Preço Aprox.: 4,99€

Veredicto: Estreia absoluta em 2014, o Espumante bruto rosé Lancers é uma das novas referências da José Maria da Fonseca. Produzido pelo método de cuba fechada, também conhecido como Método de Charmat (a 2ª fermentação ocorre em cuba fechada, equipada com controle de temperatura por forma a controlar eficazmente a fermentação e a estabilização por frio do produto final). Ou seja, a segunda fermentação não ocorre em garrafa, como é apanágio pleo método tradicional ou "champanhês".

Cor salmão. Aromas leve a fruta vermelha fresca, morango, framboesa, cereja. Boca fresca, bolha média e elegante. Final de bom comprimento.

Um espumante simples e bem feito. A ter umas garrafas por casa. Para se beber despreocupadamente, com prazer.

Nota: Amostra gentilmente cedida pelo produtor ao qual agradecemos a amabilidade.

Classificação Pessoal: 15


Sérgio Lopes

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Monte da Raposinha Tinto 2011

Ano: 2011

Produtor: Monte da Raposinha

Tipo: Tinto

Região: Alentejo

Castas: Touriga Nacional, Alicante Bouschet, Syrah.

Preço Aprox.: 9.49€


Veredicto: Nas curtas mas merecidas e muito saborosas férias na "tuga", deslocamo-nos a Montargil, região muito interessante do Norte Alentejano. Belas paisagens, óptima gastronomia, bom clima e por lá "mora" o projecto Monte da Raposinha. Com enologia de Susana Esteban, este projecto recente, cujo primeiro vinho saiu apenas em 2007, vai conquistando o seu espaço.

De entre as várias referências, destaque para o topo de gama "Furtiva Lágrima" altamente aclamado pela imprensa especializada em Porugal.

Este Monte da Raposinha Tinto, é produzido das castas Touriga Nacional, Alicante Bouschet e Syrah. Está um vinho muito bem conseguido, com frescura e complexidade acima da média. Sumarento e com elegância, será um vinho consensual com um toque moderno, de pendor gastronónico.

É daqueles vinhos que se podem levar a um qualquer jantar e vamos ficar sempre bem na fotografia. Vale a pena experimentar.


Classificação Pessoal: 16

Sérgio Lopes